Acusado de assassinar jovem em União é solto e avisa: “Vou matar de novo”

Autor: Luis Silva

Publicada em


Um dos assassinos de Railson, 20 anos, espancado e esfaqueado até a morte no mês de abril de 2014, recebeu o direito à liberdade, nesta quinta-feira  em União. O crime foi cometido por dois homens, identificados pela polícia, como Anielson e Evandro, ambos de 19 anos. Na época, os dois eram menores de idade.

Anielson, o primeiro da foto, foi o liberado pela justiça e a Polícia disse que no corredor do Fórum, o assassino avisou: “Vou matar de novo”. O segundo é Evandro, que continua preso.

O segundo é Evandro, que continua preso. Segundo informações, na noite do crime, a vítima saía de uma festa no Bairro Vila Nova Conquista, quando foi perseguido por seus assassinos e teve o corpo abandonado próximo à Escola Clívia Boa Vista. Railson trabalhava em um depósito de materiais de construções  na Rua 7 de Setembro, em União e teve suas vestimentas roubadas após ser assassinado pela dupla.

morto União 2

Morto União 1





Cidades           

Realidade em Foco

Realidade em Foco