Duas pessoas são presas em União após invadir casa e fazer um verdadeiro arrastão

Autor: Luis Silva

Publicada em


Duas guarnições da 2ª Cia do 16º Batalhão da Polícia Militar composta pelo tenente Melo, cabo Santos, soldado Glória, cabo Leite e soldado Medeiros prenderam duas pessoas em União na manhã desta terça-feira (03), acusados de invadir e fazer um verdadeiro arrastão no interior de uma residência, na localidade Gabriel, zona rural de União.

Após receber a informação sobre o assalto a residência, prontamente uma das guarnições deslocou-se até o local da ocorrência para obter mais informações sobre o crime, e de acordo com o que foi relatado pela vítima e pelas testemunhas,os autores do assalto eram 02 homens e 02 mulheres que invadiram a casa da vítima usando de grave ameaça e muita violência.

Os acusados subtraíram, do interior da residência, dinheiro, inúmeros pertences e alguns cosméticos da vítima, que trabalha como revendedora desse tipo de produto e, em seguida, evadiram-se do local em um veículo modelo Celta de cor vermelha.

De posse destas informações, o serviço de inteligência da corporação foi mobilizado e descobriu que os autores da ação criminosa são de origem cigana e estavam acampados em sítios localizados às margens da PI 112, entre os municípios de União e Miguel Alves.

Ao tomar conhecimento dos dados levantados pelas equipes de campo e serviço de inteligência, o capitão LUZ deflagrou a OPERAÇÃO NOMADE com o objetivo realizar abordagens, buscas pessoais e veiculares nos acampamentos, a fim de localizar produtos de roubo e/ou furto.

As equipes numa ação coordenada realizaram incursões nos acampamentos localizados nos povoados Malhada da Areia e Morro dos Pires e lograram êxito em localizar o dinheiro e parte dos produtos roubados da vítima.

Dando continuidade às buscas foram encontradas inúmeras armas brancas, 01 arma de fogo (tipo espingarda), vasta munição e o veículo utilizado no assalto, (Modelo Celta,cor vermelha e de placa KEN 9572 / Rio Verde-GO)

Os acusados identificados como Maria da Conceição Pereira (53 anos) e Francisco Geovane Pereira (Vulgo Doido cigano, de 22 anos) foram reconhecidos pela vítima, motivo pelo qual foi dado voz de prisão aos mesmos e em seguida foram conduzidos para o 20° DP em União, para que fosse adotadas as medidas cabíveis.

presos 3

Francisco Geovane Pereira (vulgo Doido cigano)

presos 4

Maria da Conceição Pereira 

presos 1

presos 2

 






Cidades           

Realidade em Foco

Realidade em Foco