Emilly presta depoimento após indícios de agressão de Marcos no ‘BBB17’

Autor: Luis Silva

Publicada em


Emilly Araújo, campeã do ‘BBB17’, prestou depoimento na manhã desta segunda-feira, 17 de abril de 2017, na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher

Emilly Araújo, vencedora do “BBB17”, prestou depoimento na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM), na manhã desta segunda-feira (17). A campeã do reality foi ouvida pela delegada Viviane Costa Ferreira no inquérito que investiga indícios de agressão a ela de Marcos Harter durante o confinamento. Em uma briga, o médico voltou a apontar o dedo na cara da gaúcha. Emilly chegou acompanhada de três seguranças

Marcos acabou expulso por decisão da Globo

Após a polêmica e a delegacia pedir imagens do programa para a Globo, o cirurgião acabou expulso do reality. Na véspera da final, Marcos compareceu à DEAM, onde prestou depoimento, mas não falou com a imprensa nem na chegada e nem na saída. Em conversa com os jornalistas, a delegada afirmou que o órgão não interferiu no “BBB”. “Quero deixar claro que a decisão de eliminar o Marcos do ‘BBB17’ foi unilateral. A decisão foi exclusivamente da Globo”, assegurou Viviane, acrescentando que a investigação está bem adiantada. Em caso de condenação, o médico pode pegar até três anos de prisão.

Emilly descartou namoro com Marcos

Após se sagrar vencedora do reality, a irmã gêmea de Mayla afirmou que não pretende reatar o namoro com o médico. “O Marcos não falou comigo. Eu nem estou pensando nele na verdade. Eu imaginava um relacionamento fora com o Marcos, mas eu não via determinação dele nisso. Não quero saber dele. Nunca quis unir a minha imagem a de ninguém, mas acabei me apaixonando por ele de verdade. Fantasiei uma pessoa que ele deve não ser. Não estou pensando no Marcos, mesmo”, afirmou.

‘Quero colocar tudo em pratos limpos’, diz Emilly

Horas depois, ao participar do “Mais Você” ter vontade de conversar com o cirurgião. “Não dá para parar de sentir. Para mim, ele foi uma pessoa importantíssima! Por mais que agora tanta gente esteja falando coisas não muda o que aconteceu lá dentro. Pretendo conversar com ele, mesmo se o que estão falando é verdade, de que ele não quer falar. Por que tudo que aconteceu foi em vão? Porque para mim não é!. Quero colocar tudo em pratos limpos. É resolver ou por um ponto final nisso”, admitiu.

(Por Guilherme Guidorizzi)

 

Fonte: Msn.com

 






Cidades           

Realidade em Foco

Realidade em Foco