Estudante freitense de 14 anos conquista 1° lugar no concurso da Defensoria Pública da União

Autor: Luis Silva

Publicada em


A aluna do 9° ano da Escola Filomena Alves, pertencente a rede municipal de ensino, localizada no Bairro Ipiranga em José de Freitas, Mayra Viviane Oliveira Santos de 14 anos de idade, foi a grande vencedora no Estado do Piauí da prova de redação do 3º concurso da DPU- (Defensoria Publica da União), que foi realizado no dia 28 de Outubro deste ano, na sede da própria escola nesta cidade.

Escola Municipal Filomena Alves, onde Mayra Viviane estuda

Com o tema: “Mais Direitos, Menos Grades”, A DPU lançou o concurso de redação, que teve como proposta colocar em debate questões relacionadas à educação e à cidadania. O certame foi destinado a alunos do ensino fundamental e médio, incluindo o EJA, como parte do plano estratégico da instituição para fortalecer a visibilidade da Defensoria Pública da União.

A professora Rosilda Felipe, umas das educadoras que participou dos preparativos de vários estudantes, inclusive de Mayra, explicou que os alunos da Escola Filomena Alves, tiveram toda uma preparação para o concurso, com palestras sobre a temática, vídeos orientadores, aulas sobre como escrever uma redação e outras atividades preparatórias.

Prof. Rosilda Felipe com os alunos durante os preparativos para o concurso

Mayra conseguiu o 1° lugar no Piauí, onde a mesma concorreu com 27 alunos da própria escola, e centenas de estudantes de outras cidades do Estado e do Brasil, onde as provas foram aplicadas. A estudante irá ser contemplada com um tablet ofertado pela DPU como de forma de reconhecimento do 1° lugar no Estado.

O concurso também teve como intuito principal discutir a crise carcerária pela qual passa o país, em que presos passam pelo sistema prisional e logo retornam para ruas. De acordo com o que cita a Defensoria, existe a necessidade de algumas medidas a serem tomadas para que os presos sejam realmente recuperados e não retornem a criminalidade. Além disso, visa também fortalecer a visibilidade da DPU, na defesa dos direitos de quem não pode pagar advogado para ter acesso à justiça, fazendo com que os alunos possam inteirarem-se acerca do tema em questão abrindo a discussão e chamando a atenção de autoridades competentes para o caso.

Mayra Viviane reside com os pais na Rua Geraldo Iria, Bairro Ipiranga em José de Freitas, sendo filha do casal Juvenilson Oliveira e Maria do Livramento. A aluna deixou todo corpo docente da escola orgulhoso pela conquista e ótimo desempenho na prova.

Cidades           

Realidade em Foco

Realidade em Foco