Neymar No Real Madrid É Inevitável

Autor: Luciana Luty

Publicada em


O impacto do recorde mundial da transferência de Neymar para o Paris Saint-Germain por 222 milhões de euros foi sísmico.

O Barcelona perdeu a sua segunda maior estrela e, em um instante, o “projeto” do PSG tornou-se o maior história esportiva do mundo.

Neymar – já rico, além de seus sonhos mais ousados – ficou ainda mais milionário com o contrato que os donos do clube do Qatari colocavam à sua frente.

Alegadamente, contra os desejos de seu pai e conselheiro, Neymar foi persuadido a sair e deixar a sombra de Lionel Messi para trás. Seu talento é tamanho, que ele é digno de se tornar o melhor jogador no mundo algum dia, mas isso nunca aconteceria se ele estivesse ao lado do argentino.

O PSG lhe daria uma plataforma para se tornar o futebolista mais e conhecido do planeta: 24 gols em 23 aparições com o clube francês, na Ligue 1 e UCL, sugerem que o experimento está indo bem.

No entanto, há uma série de fatores que podem significar que sua aventura parisiense possa ser abreviada. E, ao fundo, o seu casamento aparentemente inevitável com o Real Madrid.

Uma vitória por 8 a 0 sobre o Dijon na semana passada pode ter sido o jogo mais importante na passagem do brasileiro no clube parisiente até o momento e não simplesmente porque ele marcou quatro gols e deu duas assistências.

Após criar polêmica com Edinson Cavani no início da temporada, Neymar não deixou o uruguaio ultrapassar Zlatan Ibrahimovic como maior goleador da história do PSG.


Mais tarde, ele revelou que não sabia que o seu parceiro estava a um tento do registro e as críticas que o brasileiro recebeu, não foram bem recebidas por ele.

Neymar está descontente com a sua mudança para a Ligue 1 e com as fortes faltas recebidas por seus marcadores na liga francesa.

Mas o PSG está trabalhando arduamente para manter a sua estrela feliz. O treinador Unai Emery falou esta semana sobre a necessidade de os torcedores mostrarem carinho pelo jogador.

Apesar do contrato de cinco temporadas, a saída de Neymar poderia chegar mais cedo do que o esperado se o PSG conseguisse vencer a Champions League. O acordo com o presidente Nasser al-Khelaifi verificaria a missão do brasileiro se ele conquistar a taça.

É difícil acreditar quão rápido o declínio se estabeleceu em Santiago Bernabéu. Uma equipe que pareceu imbatível tão recentemente, está vivendo o seu pior momento no comando do técnico Zinedine Zidane. Após a eliminação na Copa do Rei, a única chance de troféu na temporada está na UCL.

Madrid precisa de uma revisão. Em julho provavelmente trará mudanças maciças no elenco, com a contratação de um “Galactico” – sempre o tipo preferido de assinatura para o presidente Florentino Perez -.

Neymar já sonhou com o Real, enquanto eles também  estiveram sonhando com ele. E, crucialmente, o brasileiro é o principal candidato em um grupo muito pequeno de jogadores que podem levar este clube em seus ombros.

Perez teria conversado com o staff de Neymar em dezembro, declarando corajosamente que, se ele quisesse uma Bola de Ouro, o melhor lugar para conquistar seria no Bernabeu.

E com a saída próxima de Cristiano Ronaldo, o jovem craque pode finalmente obter a vaga de estreila que ele acredita que é merecedor.

 

Cidades           

Realidade em Foco

Realidade em Foco