Repórter que denunciou assédio de MC Biel acaba demitida do Portal iG

Autor: Luis Silva

Publicada em


A repórter do portal de notícias iG que denunciou o funkeiro MC Biel por assédio sexual durante uma entrevista, realizada em maio deste ano, foi demitida nesta sexta-feira (17/6).

A informação foi divulgada, inicialmente, pelo colunista Fernando Oliveira, do Agora S.Paulo e F5, em seu perfil no Twitter. “Dos absurdos do dia: a repórter do @iG que denunciou Biel por assédio acaba de ser demitida. Que surreal”.

“A quem pergunta: não houve corte de vários funcionários no iG hoje. Houve só a demissão da repórter, a quem o portal prometeu proteger”, acrescentou, em outra mensagem.

IMPRENSA apurou que outros profissionais do portal também podem ser desligados. O iG diz apenas que não vai se posicionar. Internamente, os funcionários não sabem se o corte tem relação com o caso envolvendo o cantor, uma vez que vai contra a proteção dada à jornalista até o momento.

Nas redes sociais, os internautas criticaram a decisão do iG. “Nem sei o que dizer. Que vergonha”, escreveu uma usuária do Twitter. “Como assim?! Que absurdo!!”, comentou outra. “E só contribuem com o machismo e desrespeito”, opinou.

O CASO
Desde o o início do mês, o caso de assédio sexual envolvendo o funkeiro MC Biel e uma repórter do portal iG movimenta o noticiário e as redes sociais. Durante uma entrevista, a jornalista, cuja identidade é protegida por determinação policial, foi chamada de “gostosinha” e ouviu que o cantor “a quebraria no meio”. Na ocasião, internautas criticaram o comportamento do artista e levaram a hashtag #RipBiel ao topo dos trending topics mundial do Twitter.

Em um vídeo publicado em seu canal no YouTube dias após a repercussão do caso, o funkeiro pediu desculpas à jornalista e a todas as mulheres que se sentiram ofendidas. “Nunca imaginei que minhas palavras pudessem machucar de fato quem me entrevistava. Então eu estou aqui para pedir desculpa”, disse.

A denúncia gerou impacto na carreira do artista. O Comitê dos Jogos Olímpicos do Rio decidiu desconvidar o cantor para o revezamento da Tocha Olímpica. O caso foi registrado na 1ª Delegacia da Mulher (DDM) de São Paulo, no dia 8 do mês passado.

Fonte: Com informações do Portal Imprensa





Cidades           

Realidade em Foco

Realidade em Foco