Servidores Administrativos de José de Freitas poderão paralisar suas atividades

Autor: Luis Silva

Publicada em


Os servidores públicos administrativos da prefeitura de José de Freitas poderão paralisar suas atividades no início do segundo semestre, em agosto de 2015. De acordo com o sindicato dos servidores públicos municipais (sismujof),  o principal motivo é a não implantação do Plano de Carreira dos Administrativos.

 

Segundo a sindicalista Auridéia Neves, no final de dezembro de 2014, foi concluído o plano de Cargos e Salários dos  Administrativo, ficando a prefeitura responsável pelo estudo do impacto financeiro e a implantação, porém desde dezembro a prefeitura de José de Freitas nunca se manifestou sobre a implantação do Plano Carreira, deixando vários servidores municipais prejudicados.

1

O advogado do sismujof, Dr. Pacheco esclareceu a importância da implantação do Plano de Carreira dos Administrativos. Dr. Pacheco disse que, sem o Plano de Carreiras o servidor entra no serviço público e sai ao final da vida no mesmo lugar, ninguém progride. O Plano de Carreira é pra permitir que haja alguma progressão baseado no tempo de serviço, na qualificação e desempenho. Com o plano de carreira há incentivos  financeiro para quem se qualifica. Dr. Pacheco informou ainda que,  a prefeitura  alegou não haver recursos financeiros  e que o município estaria “atolado” em problemas.

3

A prefeitura está culpando o sindicato  pela crise financeiro que o município está passando. Dr. Pacheco disse que como o município estava descontando dos salário dos servidores e não estava repassando para o fundo previdenciário se apropriando indevidamente dos recurso financeiro, a justiça agora obrigou a prefeitura a pagar os recursos já descontados em contracheque dos servidores.  Pacheco disse ainda que se a prefeitura  estivesse descontado dos servidores municipais e feito o repasse para o fundo previdenciário  o município não estaria nessa situação delicada “ Se agora está pesado é porque a prefeitura não repassou o dinheiro dos servidores em  tempo hábil, por irresponsabilidade da gestão” Declarou.

2

O sindicato luta pela aprovação e efetivação do Plano de Cargos, Carreira e Salário dos Servidores Administrativos, uma reivindicação antiga, recentemente acordada com a prefeitura, porém sem progresso até o o momento.

O sismujof realizará Assembléia Geral Extraordinária no dia 06 de agosto ás 9h30min, para marcar o início da paralisação. Os professores declararam  apóio aos administrativos, tudo indica que haverá uma grande paralisação dos servidores público municipais no início do mês de agosto.

 

4

6

7

8

9

.

 





Cidades           

Realidade em Foco

Realidade em Foco