Servidores de Lagoa Alegre denunciam prefeito Carlos Magno

Autor: Luis Silva

Publicada em


O Sindicato dos Servidores Público de Lagoa Alegre do Piauí entrou com um pedido de denúncia, no Tribunal de Contas do Estado (TCE-PI) contra o prefeito do município Carlos Magno Fortes Machado, por atraso nos salários dos funcionários do município. O pedido de denúncia foi encaminhado nessa segunda-feira (23), ao relator, o conselheiro Luciano Nunes Santos.

Segundo alega o sindicato na denúncia, o prefeito não vem pagando pontualmente o salário dos servidores públicos, os quais vem suportando inúmeros prejuízos. Também relatam que a situação ocorre desde 2016, com a antiga gestão e se perpetuando na atual.

Além disso informaram, que mesmo com denúncias anteriores ao próprio TCE e com apelo feito a Justiça do Trabalho, os servidores inativos continuam sem receber o benefício dos meses de outubro, novembro, dezembro e 13° salário. Como também dizem que o município está recebendo normalmente os repasses do governo federal, de fundos como o Fundeb, para educação.

De acordo com o sindicato, os servidores públicos buscaram o prefeito Carlos Magno na tentativa de negociar a situação. Mas não conseguiram entrar em acordo e acabaram procurando até mesmo o Ministério Público do Estado (MP-PI).

Assim, os denunciantes pedem que as contas de fundos federais do município sejam bloqueadas, para que os servidores recebam integralmente os salários. Além disso, também pedem que as medidas cabíveis sejam tomadas para apurar as causas dos atrasos recorrentes.

Outro lado

O portal Viagora não conseguiu localizar o prefeito Carlos Magno para comentar a denúncia. O espaço está aberto para esclarecimentos.

Fonte: Viagora

 

 





Cidades           

Realidade em Foco

Realidade em Foco