Trio é preso em União após sequestrar motorista do Uber; um fugiu

Autor: Luis Silva

Publicada em


Na noite de segunda-feira (24/09), mais de 100 motoristas do aplicativo de transporte Uber realizaram uma manifestação e interditaram a avenida em frente a Central de Flagrantes, no Centro de Teresina, após os constantes assaltos no qual os profissionais estão sendo vítimas. Dessa vez, um motorista foi sequestrado e colocado dentro do porta-malas do seu carro por quatro jovens com destino a cidade de União.

“Eu iniciei a viagem, ao chegar no destino eles anunciaram o assalto,  me colocaram no banco de trás amarrado e em um certo momento disseram que eu não poderia ver para onde eles iam, aí me colocaram no porta-malas”, descreveu a vítima.

Segundo um dos integrantes do grupo, eles já sabiam o que iam fazer quando chegassem na cidade. “A gente só usou o Uber para pegar o carro para assaltar. A gente ia assaltar um comércio e uma casa de um senhor de lá, já tínhamos a informação de que na casa tinha uma arma e no comércio tinha R$ 10 mil”, disse.

De acordo com o comandante Miguel Luz, o grupo é grande e liderado por um menor. “Nós recebemos a informação de que o motorista havia sido tomado de assalto inclusive a vítima feita de refém, houve uma conversa entre eles e falaram que iam descer para União, o comandante alertou que a gente fizesse diligências no intuito de localizar esses indivíduos, nós começamos a fazer o patrulhamento rural indo em direção a David Caldas pois esse povoado fica mais próximo da capital, chegando lá nos deparamos com o veículo roubado e os quatro indivíduos. Ao perceberem a nossa presença eles empreenderam fuga, a gente saiu em perseguição , como a gente estava se aproximando deles eles resolveram sair do veículo inclusive o menor que estava com o revólver calibre 38 e se intitula o líder da quadrilha. Conseguimos pegar três, o quarto indivíduo está cercado com duas equipes, já esta identificado, eles jogaram a chave do veículo no mato mas o reboque já levou o carro para a Central de Flagrantes. Quando apreendemos o menor eles nos indicou, disse que tinha uma casa dando apoio para eles, realizamos a vistoria na casa encontramos vários celulares, cachaças, maconha, muita documentação, inclusive o celular do menor tem fotos deles dentro do veículo e fez também uma selfie com a vítima com a arma na cabeça”, afirmou.

Os motoristas na Central de Flagrantes se mostraram bastante revoltados com a onda de violência na cidade. Eles interditaram a avenida, impossibilitando a passagem de veículos e a Strans foi chamada para auxiliar o trânsito.

“De sexta para sábado foram dois e hoje mais dois, foram quatro carros em dois dias. Hoje foi um de manhã, todos os roubos são do mesmo jeito, são roubos seguidos de sequestro, te rendem e saem roubando no seu carro, aqui só tem pai de família, lugar de motorista não é no porta-malas não, a gente deixa dinheiro dentro da cidade, para sofrer isso aqui, correr o risco de não chegar nem em casa”, declarou um protestante.

Trio foi preso após assalto (Crédito: Reprodução/TVMN)
Trio foi preso após assalto (Crédito: Reprodução/TVMN)
Motoristas da Uber realizam protesto (Crédito: Reprodução/TVMN)
Motoristas da Uber realizam protesto (Crédito: Reprodução/TVMN)
Motoristas da Uber realizam protesto (Crédito: Reprodução/TVMN)
Motoristas da Uber realizam protesto (Crédito: Reprodução/TVMN)
Motoristas da Uber realizam protesto (Crédito: Reprodução/TVMN)
Motoristas da Uber realizam protesto (Crédito: Reprodução/TVMN)

 

Cidades           

Realidade em Foco

Realidade em Foco