José de Freitas/PI,  25 de setembro de 2020
 
4 de maio de 2020 Informações da Postagem: Por Luís Silva Imprimir Postagem

A partir de hoje (04), só profissionais de serviços essenciais podem pegar ônibus


Começou a valer nesta segunda (04 de maio de 2020), o decreto municipal suspendendo o transporte público de Teresina-PI. A medida visa diminuir ainda mais o fluxo de pessoas circulando pela cidade e implanta um novo sistema para atender só e somente só aos trabalhadores dos serviços essenciais que possuam cartão eletrônico.

Passageiros que utilizarem dinheiro não poderão usar os coletivos. Pelo menos 17 mil pessoas continuavam usando o sistema público de transporte coletivo de Teresina mesmo sem serem prestadores de serviços essenciais, ou seja, seguiam circulando pela cidade apesar das restrições da quarentena. Com a implantação da medida, a PMT espera conseguir fazer com que estas pessoas fiquem em casa. Com esta determinação, os ônibus passarão a circular diretamente dos bairros para o Centro no percurso de ida e volta.


Os terminais de integração, que formavam grandes aglomerados de pessoas, encontram-se totalmente fechados. Vale ressaltar: o Setut (Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Teresina) procederá com a recarga dos cartões de bilhetagem eletrônica somente para quem comprovar que está atuando nos serviços essenciais. Apesar da restrição, Sistema Integra continuará funcionando, ou seja, o trabalhador que precisar pegar mais de uma condução seguirá tendo direito a integrar o percurso pagando somente uma passagem.

A troca de ônibus deverá ser feito no prazo máximo de duas horas. As medidas de restrição ao transporte público de Teresina durarão enquanto permanecer o estado de calamidade pública em saúde na Capital. Com informações do Portal O Dia.


Tags:

Comentários

icone Facebook