José de Freitas/PI,  17 de setembro de 2019
 
29 de julho de 2019 Informações da Postagem: Por Luís Silva Imprimir Postagem

Assaltante é morto pelo comparsa durante assalto a comércio em Teresina

Um jovem, que não teve a identidade revelada, foi morto com um tiro no peito, por volta das 9h30 desta segunda-feira (29/07) enquanto realizava um assalto a um comercio, na rua Rita de Cássia, no bairro Santo Antônio, na zona Sul de Teresina.

De acordo com informações do comandante da Polícia Militar do Promorar, capitão Sousa Lima, dois criminosos entraram no estabelecimento usando uniformes de empresas de distribuidora de bebidas e anunciaram o assalto, mas durante a ação um cliente que estava no local no momento do assalto reagiu, fazendo com que um dos assaltantes efetuasse um disparo de arma de fogo que acabou acertando o comparsa.  

“Dois indivíduos chegaram em uma moto, nesta Bros vermelha, que é roubada, para fazer um roubo no comercio. A informação é que eles chegaram com uma roupa da distribuidora de bebidas e o outro com de uma distribuidora de água, entraram no comercio, anunciaram o assalto, cada um com uma arma de fogo, um revolver, em determinado momento eles se separaram, um no caixa e outro no fundo, um dos cidadãos que estava dentro do comercio reagiu e entrou em luta corporal, na hora de fugir um deles se confundiu e acabou acertando o outro que veio a óbito, morreu ai com a arma de fogo na mão e o outro fugiu.” contou o Capitão Sousa lima, comandante da companhia do Promorar. 

O Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa – DHPP esteve no local vai investigar como tudo aconteceu. 

“A gente faz uma entrevista incial com o comerciante, com os clientes que estavam lá dentro e com os vizinhos no intuito de entender a dinâmica do crime. Então posteriormente, na investigação de segmento que será presidida pelo delegado Danubio é quando ele vai ter toda a calma para contar o que se passou. A eventual informação que ele deu aqui no local, precisar ser confirmada e ver se coincide com aquilo que foi colhido pelos peritos aqui no local do crime.” contou o delegado do DHPP, Robert Lavor. 

Segundo o proprietário do estabelecimento, o comercio foi assaltado há cerca de 15 dias. 

“Vai acabar que vamos ter que desistir, não tem como trabalhar nesta situação, dentro de um mês a gente sofrer dois baques desse.” contou o empresário.

O comparsa do criminoso morto fugiu do local levando a quantia de R$ 2 mil.

Fonte: MN


Comentários

icone Facebook