José de Freitas/PI,  24 de setembro de 2020
 
29 de abril de 2020 Informações da Postagem: Por Luís Silva Imprimir Postagem

Bandidos assaltam 5 pessoas em José de Freitas e deixam uma vítima amarrada e nua

Imagem meramente ilustrativa

Três bandidos usando armas de fogo assaltaram pelo menos cinco pessoas no final da manhã da última terça-feira (28 de abril de 2020) na estrada que dá acesso o povoado Lagoa do Piripiri a cidade de José de Freitas, no Piauí. Os criminosos roubaram dinheiro e telefones celulares e deixaram uma das vítimas amarrada no matagal e despida (sem roupas). Os assaltos foram praticados na altura da localidade Nazaré, que fica a 5 km da cidade de José de Freitas.

De acordo com informações de moradores da região, os bandidos estavam em uma moto e quando as pessoas passavam pela estrada carroçável eles atacavam. Um homem rendido pelos bandidos foi levado para o matagal na margem da estrada, onde eles roubaram dinheiro, um telefone celular e deixaram a vítima apenas de camisa e ainda com as mãos amarradas.

Estrada que dá acesso ao povoado Lagoa do Piripiri, onde ocorreram os assaltos.

As pessoas assaltadas pelos três criminosos estavam retornando da cidade de José de Freitas para suas residências nas localidades Pau de Chapada e Morada Zona, zona rural do Município.

A Polícia Militar foi acionada e uma guarnição comandada pelo tenente Alberto se deslocou para a região onde aconteceram os assaltos, tendo realizado buscas, mas não obteve êxito na captura dos bandidos. Os policiais quando chegaram na região encontraram uma das vítimas, um homem, usando apenas uma camisa para se proteger, pois os assaltantes haviam levado além do seu dinheiro, o telefone celular e suas roupas e ainda lhe deixaram amarrado. Tenente-PM Alberto, do 16º BPM-PI, atendeu a ocorrência.

Durante as buscas no matagal, os policiais encontraram uma carteira contendo no interior cerca de 400 reais e documentos de uma das vítimas dos criminosos, uma mulher, que teve restituída a sua carteira com o dinheiro e os documentos.

A polícia suspeita que com o pagamento dos benefícios pelo Governo Federal, que visam amenizar os estragos causados pela pandemia do novo coronavírus, os bandidos estejam montando estratégias para assaltar os beneficiários do auxilio emergencial, quando estes estão retornando da agência bancária para suas residências.

Saraiva Repórter


Tags:

Comentários

icone Facebook