José de Freitas/PI,  25 de setembro de 2020
 
22 de agosto de 2020 Informações da Postagem: Por Luís Silva Imprimir Postagem

Carro de vereador é apreendido no Piauí com título de eleitor e sacola contendo documentos

Um carro roubado que estava com as portas abertas e a chave na ignição foi abandonado na BR-135, na cidade de Gilbués, no Sul do Piauí e foi apreendido pela Polícia Rodoviária Federal. Segundo Alexsandro Lima, assessor de Comunicação da PRF-PI, há indícios de que o veículo roubado seria de um vereador da região conforme relato de testemunhas e uma sacola com documentos foi encontrada no interior do carro, inclusive, titulo de eleitor. 

“Dentro do carro tinha um CRVL, cópia de documentos pessoais, título de eleitor, aparelho de telefone e uma sacola com vários documentos. Há indícios de que esse carro com sinais de adulteração seja de um vereador da região. O relato de populares coincidem com a identidade de um vereador daquela região”, explica o policial federal Alexsandro Lima.

Imagens: Polícia Rodoviária Federal

O assessor de Comunicação da PRF-PI ressalta que o proprietário do veículo ainda não foi identificado.

“O material apreendido pode conotar possível crime eleitoral. Além disso, a documentação pessoal do político encontrava-se no interior do veículo. Durante toda a ação, nenhuma pessoa, nem o vereador se apresentou para reclamar o bem, justamente, porque sabe que existe o ilícito”, informou o assessor da PRF.

O carro foi apreendido na tarde da última sexta-feira (21 de agosto de 2020) e o caso está sendo investigado pela Polícia Civil. O delegado regional de Corrente, Leandro Damasceno, explica que o dono da cópia do documento achada no carro será intimado.

Momento que a Polícia Rodoviária Federal apreendeu o carro em Gilbués-PI.

“Será intimado a prestar depoimento e, se for o caso, vamos instaurar inquérito policial. Se o material que foi encontrado configurar crime eleitoral, se houver elementos de prova, cabe à Polícia federal investigar”, disse o delegado Damasceno.

A PRF informou que o vereador, suposto dono do veículo roubado, já teria antecedentes criminais relacionados a formação de quadrilha, infração ao Estatuto do Desarmamento e estelionato. Com informações da PRF-PI e Portal Cidade Verde.


Comentários

icone Facebook