José de Freitas/PI,  30 de setembro de 2020
 
28 de junho de 2019 Informações da Postagem: Por Luís Silva Imprimir Postagem

Casal acusado de praticar assaltos colide motocicleta com ônibus quando fugia da polícia

Um homem e uma mulher que estavam ocupando uma motocicleta foram atropelados por um ônibus, por volta das 12h30min desta sexta-feira (28 de junho de 2019), quando empreendiam fuga após realizar um assalto contra uma mulher na Quadra 6, Setor B, no conjunto Mocambinho I, na Zona Norte de Teresina-PI.

De acordo com informações de testemunhas, o ônibus que faz linha Mocambinho/Alto Alegre trafegava pela Avenida Santa Joana D’arc, quando colidiu com a motocicleta ocupada pelo casal, quando cruzava com a avenida em alta velocidade.

-Casal suspeito de assaltos colide com ônibus e fica ferido na Zona Norte de Teresina — Foto: Reprodução

Devido o forte impacto os suspeitos de assalto foram arremessados a cerca de 5 metros de distância do local da colisão e a motocicleta ficou em baixo do ônibus.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU foi acionado para socorrer o casal que foi levado para o Hospital de Urgência de Teresina.Veja como ficou o suspeito que pilotava a moto.

De acordo com a Polícia Militar, o casal praticou uma série de assaltos na região e estava fugindo na motocicleta quando colidiu com o ônibus.

Após o acidente, policiais do 9º Batalhão da PM foram acionados. “Quando a guarnição da PM chegou ao local viu que os suspeitos estavam feridos e providenciou o encaminhamento deles para o hospital”, informou o capitão Francisco Moura.Veja como ficou o casal após a colisão com o ônibus.

O capitão Moura disse que apenas os suspeitos ficaram feridos durante o acidente. “Ainda não sabemos como aconteceu, mas a perícia foi acionada e fez os procedimentos necessários para averiguar isso”, afirmou o militar.

Casal suspeito de assaltos colide com ônibus e fica ferido na Zona Norte de Teresina — Foto: Reprodução

Uma equipe do 9º BPM está acompanhando os suspeitos no hospital. “Após o atendimento médico eles serão presos e levados para a Central de Flagrantes, onde serão feitos os procedimentos legais pela Polícia Civil.


Comentários

icone Facebook