José de Freitas/PI,  25 de outubro de 2021
 
11 de janeiro de 2021 Informações da Postagem: Por Luís Silva Imprimir Postagem

Comerciante baleado por PM por causa de cerveja quente morre no HUT em Teresina

O comerciante Antônio Francisco, conhecido como Chico, morreu na tarde deste domingo (10), após ser baleado pelo policial militar Jefferson na noite de quarta-feira (06), por ter servido cerveja quente em um estabelecimento localizado na rua Polônia, bairro Novo Horizonte, zona Sudeste de Teresina.

De acordo com os familiares da vítima, o policial identificado como Jefferson ofendeu a mulher de Antônio Francisco, Dona Fátima, e o comerciante não aceitou a forma como o militar tratou sua companheira.

“Ele chegou aqui e pediu uma cerveja, eu abri a cerveja e ele disse que estava quente, eu fui lá e peguei outra cerveja para ele. Aí ele falou ‘Dona Fátima você está com sem-vegonheza abrindo cerveja quente para mim’, aí foi a hora que meu marido virou para ele e perguntou se ele estava me chamando de sem-vergonha. Os dois começaram uma discussão, veio meu filho, discutiu com ele, eu consegui tirar meu filho , aí não consegui tirar o meu marido porque eu sabia que ele estava armado e sabia do que ele é capaz. Ele só vem para cá embriagado e cada vez que ele vem ele arruma uma confusão, só que dessa vez foi com meu marido”, disse Dona Fátima, que  cobrou justiça e a prisão de Jefferson pela morte de seu marido.

O comerciante foi atingido com pelo menos quatro disparos de arma de fogo,  correu para dentro de casa na tentativa de fugir do PM e caiu no quintal de sua residência. Antônio Chico foi socorrido por populares que o levaram para o Hospital do Dirceu e de lá foi transferido para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT), onde morreu neste domingo.

Fonte: Fala Piaui



Comentários

icone Facebook