José de Freitas/PI,  13 de dezembro de 2019
 
30 de julho de 2019 Informações da Postagem: Por Luís Silva Imprimir Postagem

Homem chama policiais de ladrões ao ser parado em barreira na PI 113; foi preso

Um homem, que não teve a identidade revelada, foi preso por suspeita de desacato nesta segunda-feira (29/07) na PI-113, no povoado Santa Teresa, Zona Rural de Teresina. Segundo relato de policiais militares que abordaram o homem em uma blitz, ele chamou os policiais de “ladrões” quando seus documentos foram solicitados.

De acordo com o cabo Rui, do Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual (BPRE), ele fez a abordagem do homem e pediu os documentos do veículo e a Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

“Ele deu o documento do veículo e disse que tinha deixado a CNH em algum lugar que não lembrava. Então pedi que ele encostasse o veículo do outro lado da via, para liberar o trânsito”, relatou.

O militar contou que solicitou ao homem que descesse do carro e conversasse com o comandante da blitz. Neste momento, segundo ele, o homem “surtou”.

“Aí ele surtou, chamou todos de ladrões, apontando para todos os policiais, apontando para a outra cabo e dizendo que se ela fosse mais ‘flexível’ isso não estaria acontecendo. Disse até que já tinha me dado dinheiro duas vezes na barreira, o que nunca aconteceu, estava apenas trabalhando. Se a pessoa não usa a CNH, não temos culpa”, contou o cabo Rui.

Depois disso, o homem foi preso e conduzido à Central de Flagrantes de Teresina, onde os policiais informaram que foi realizado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por desacato.

O crime está previsto no artigo 331 do código penal e consiste em “desacatar funcionário público no exercício da função ou em razão dela”. A pena é de detenção de seis meses a dois anos ou multa.

Fonte: G1


Comentários

icone Facebook