José de Freitas/PI,  25 de setembro de 2020
 
4 de fevereiro de 2020 Informações da Postagem: Por Luís Silva Imprimir Postagem

PM baleado ao atender ocorrência de violência doméstica tem olho lacerado

O sargento Carlos Alberto Brito, 53 anos, que foi baleado ao atender uma ocorrência de violência doméstica na última sexta-feira (31), teve o olho direito lacerado. O policial sofreu um tiro de espingarda disparado supostamente pelo marido de uma mulher que estava sendo agredida na cidade de Morro Cabeça no Tempo, distante 874 Km de Teresina.

O policial está internado no Hospital de Urgência de Teresina. Segundo a unidade de saúde, ainda não é possível afirmar se o sargento vai perder o olho ou não. 

O capitão Misael Costa, comandante da PM em Avelino Lopes, disse ao Cidadeverde.com que o autor dos tiros agrediu a mulher, cunhada e o marido dela a pauladas. De acordo com informações da família, o suspeito ingeriu muita bebida alcoólica no dia das agressões, que teriam sido motivadas por ele não aceitar o fim do relacionamento. O casal estava separado há cinco dias.

“Ele passou o dia bebendo e depois foi falar com a mulher. Agrediu ela e a cunhada tentou entrar no meio e foi agredida também. O marido dela também foi agredido a pauladas”, conta o capitão.

Ainda segundo a polícia, o suspeito fugiu com uma espingarda e efetuou o disparo de dentro de um matagal, atingindo o sargento Brito. Os estilhaços da bala laceraram o olho do PM. O tiro também atingiu uma das mãos do policial.

O suspeito de efetuar o tiro ainda não foi localizado. A Polícia Militar segue em diligência para capturá-lo. Há informações de que ele estariam em um matagal. 

Fonte: Cidadeverde.com


Comentários

icone Facebook