José de Freitas/PI,  22 de outubro de 2021
 
8 de outubro de 2021 Informações da Postagem: Por Luís Silva Imprimir Postagem

PMs envolvidos em ação que matou trabalhador na zona Norte são soltos

Os policiais militares André dos Santos e Gilderlan Pereira, envolvidos em uma ação policial que terminou na morte de Cândido Constâncio Filho, foram soltos nesta quinta-feira (7). O homem morreu ao  sofrer um disparo de arma de fogo na cabeça enquanto trabalhava em um comércio na região da Santa Maria Codipi. 

Os PMs estavam presos preventivamente no Presídio Militar desde o dia 30 de setembro. A soltura acontece após o desembargador Joaquim Santana Filho, do Tribunal de Justiça do Piauí, conceder habeas corpus para os policiais.

O advogado dos policiais, Marcos Vinicius Brito, alegou no pedido de habeas corpus a presunção de inocência dos PMs, que são lotados no 13º Batalhão da Polícia Militar.    

“A alegação foi de que você não pode prender uma pessoa para investigar. Você    investiga para prender. Não havia apenas o André e o Gilderlan na cena do delito. Outros três policiais à paisana estavam”, afirma o advogado.

O advogado afirma ainda que mesmo em liberdade, os PMs irão continuar respondendo o processo, sendo investigados e prestando depoimento à Polícias Civil e Militar.  

Ação matou inocente
Na ação, Cândido Constâncio Filho, que estava na porta do comércio onde trabalhava, foi atingido por um disparo de arma de fogo  na cabeça e morreu na hora.

A ação aconteceu durante buscas por uma dupla suspeito de roubar o celular de uma mulher. Imagens obtidas pela TV Cidade Verde mostram o momento em que o trabalhador sofreu o disparo.

FONTE: CIDADE VERDE.COM


Comentários

icone Facebook