José de Freitas/PI,  14 de dezembro de 2019
 
11 de novembro de 2019 Informações da Postagem: Por Luís Silva Imprimir Postagem

Polícia divulga fotos dos acusados de assaltar bancos de Teresina

Na manhã desta segunda-feira (11/11), a Secretaria de Segurança Pública do Piauí divulgou fotos e nomes dos cinco acusados de assaltos a banco presos na manhã de ontem durante roubo a agência do Banco do Brasil da Ceapi, localizado na Avenida Henry Wall de Carvalho, na zona Sul de Teresina. 

Os presos foram identificados como: Gabriel Amaral dos Santos, mais conhecido como Neymar, Rogério Mesquita Batista e Hellen Fabíola Pereira dos Santos, que são naturais de São Paulo, Francisco Charles de Castro Pereira, e Samuel Silva Parga Filho, natural do Maranhão.

Em um vídeo, divulgado pela própria Secretaria, Gabriel que era o responsável por coletar os envelopes de dentro dos caixas explica como a quadrilha age durante os assaltos. 

“Eu sou de São Paulo, cheguei sexta-feira. A polícia pegou a gente próximo do Banco do Brasil. No sábado nós assaltamos outro banco, mas eu não me recordo onde foi porque eu não conheço os endereços daqui”, afirmou ele.

Ao ser questionado sobre o equipamento que usa para roubar, Gabriel declarou: “Ele serve para pegar os envelopes, chamo de chupa-cabra. Eu compro no Paraguai por R$ 500, é vendido pela DeepWeb”, disse. 

O CASO

De acordo com informações do secretário de segurança, Fábio Abreu, os acusados foram presos pelo Grupo de Repressão ao Crime Organizado – Greco enquanto furtava os envelopes depositados nos caixas eletrônicos da agência bancária da Nova Ceasa, mas já tinham assaltado outras quatro agências.

Durante a prisão foram apreendidos grande quantidade de dinheiro, três equipamentos usados para praticar esse furto, conhecido como ‘pesca’, além de envelopes que foram furtados de sexta-feira para cá, que confirma toda a investigação que estava sendo feita. 

Dois dos acusados são naturais dos município de Bacabal, no Maranhão e os demais são do município de São Paulo.

Fonte: Meionorte


Comentários

icone Facebook